Pictures

Pictures

Picctures

27 de jan de 2012

Casada no estacionamento-

Casada no estacionamento

Me chamo Rui tenho 62 anos 1.80m trabalho em um estacionamento em São Paulo e vou contar o que aconteceu comigo.
Havia uma “Sra” q era mensalista do estacionamento chamada Márcia casada com dois filhos q foi alvo de muitas punhetas minhas. Ela tem em torno de 1.60 peitões q sempre queriam saltar de seus decotes e uma bunda deliciosa sempre marcada pelas calças justas q ela usava. O que vou contar agora aconteceu qdo ela já não era mais mensalista , pois havia se mudado para um outro bairro.
Era uma manhã de sábado estava eu trabalhando normalmente qdo ela chega com seu carro. Qdo ela saiu do carro ,quase tive um troço, ela tava com uma calça de ginástica agarrada na bunda e uma blusa com um decote que deixava ver parte do bico de um dos peitos qdo cheguei perto para pegar seu carro para estacionar. Ela falou :
_Seu Rui posso usar o banheiro?
-Claro dona Márcia pode ir lá .Fui logo atrás olhando aquele rabão ,pois para chegar ao banheiro passava pelo escritorinho na frente e o banheiro ficva nos fundos.
Estava lá com meus afazeres qdo ela me chama:
-Seu Rui pode vir aqui um pouquinho.
A porta estava encostada e qdo a abri quase cai para trás.
Ela estava de pé curvada com as mãos na parede pelada a não ser por uma calcinha fio dental vermelha q ela estava usando e que curvada como estava já dava para ver parte de sua bucetona.
-Não acredito Dona Márcia. Falei já entrando no bahnheiro e abaixando minha calça enquanto com a outra mão mexia em seu rabo e abaixava sua calcinha. Não imaginava issso nem em meus sonhos, falei pra ela.
- Então vem não era isso q você queria?
Notei q ela se assustou um pouco qdo de rabo de olho olhou para meu pau.
- Que foi Dona Márcia.
- Nossa, é o tamanho de seu pau, é grandão.
-É dona Márcia sou velho, mais ele ainda funciona ainda mais com a vista q estou tendo daqui, você é muito gostosae muito puta para vir aqui com esta calcinha de vadia enfiada no rabo.Seu marido sabe ?
-Não seu Rui,comprei ela e estou estreando com você.
Fui me chegando mais perto dela , e como o banheiro é minúsculo ela ficou quase prensada na parede e fui tentando encaichar meu pau em sua buceta por trás.Vi q ela tentava fugir ficando na pontinha dos pés. Falei:
- O que foi dona Márcia.
- Isto é uma loucura sou casada , nudei de idéia deixa eu sair.
- Não deixo não , falava e pincelava meu caralho em sua buceta.
Como ela ficou na ponta dos pés era só eu ter paciência, pois logo ela cansaria e abaixaria.
-Minha perna ta doendo seu Rui . Ai minha coxa, e ela punha uma mão para trás me empurrando,mas como sou forte nem me mexia do lugar, só estava esperando.
- Ai minha coxa seu Rui , ela reclamou de novo, sai daí seu Rui , sai daí.
Para minha alegria não demorou muito e ela não agüentou. Seu corpo desceu e meu pau entrou com tudo até as bolas a segurei e comecei a bombar forte.
- Ai minha buceta , ai minha buceta , ta me rasgando seu Rui. É muito grande e grosso.Tá me rasgando.
-Pelo menos a dor na perna passou ,né? E ria com o sofrimento dela .
- Vamos agora q entrou tudo rebola sua piranha ,vai rebola q hoje vou socar em você como sempre sonhei, Rebola sua vagabunda.
- Seu Rui vou gozar , vou gozar.
-Eu também.
-Então tira , tira.
Tirei e molhei todas as suas costas com minha porra.
Ao sair tasquei um beijo na sua boca e falei ,to te esperando.
Ela falou pode esperar e conto para vocês outras aventuras depois


19 de jan de 2012

Esposa de programa

Esposa de Programa

Somos um casal que adora sexo, minha mulher como já descrevi em outros contos é um mulherão, estamos casados a 13 anos e ela sempre foi fantástica na cama, depois de alguns anos de casados começamos a praticar swing, ménage, colocando vários parceiros em nossa cama, apimentando assim mais nossas transas.
Há aproximadamente dois atrás conhecemos um casal maravilhoso, legais,sinceros e muito gostosos, adoram sexo em sua plenitude, alem de nos relacionarmos muito bem na cama, minha mulher cultivou uma grande amizade com nossa amiga e começamos alem das transas um convívio social muito bom.
A amizade das duas é tão intensa que acabaram criando uma fantasia erótica em comum, que era trabalhar por uma noite como garota de programa em uma boate, atendendo os clientes e realizando a fantasia de ambos.
Minha mulher tem um primo que sempre trabalhou em casas noturnas,boates, recorremos a ele para nos indicar alguma casa, que ele conhecesse o proprietário, para que elas pudessem realizar a fantasia.
Feito o contato fomos até o local para conversar com o dono explicamos o caso e ele falou que não teria nenhum problema, mas que elas teriam de ficar a noite toda, e que pela beleza delas, não faltaria clientes.
Dia e hora marcados lá foram elas, como combinado eles estariam vestidas com roupas muito ousadas, biquíni ou maiô, minha mulher escolheu um maiô bem cavado que realçava muito sua bunda e nossa amiga um biquíni minúsculo.
 
Elas chegaram um pouco antes da abertura da casa, e a gerente (por sinal uma mulher lindíssima e muito legal) que cuidava de todas as garotas e do funcionamento do local, explicou quais eram as regras e como elas deviam agir,e falou “não se preocupem com os clientes que eu vou indicando eles para vocês assim fica mais fácil”. Elas se arrumaram e já ficaram no salão junto com as outras garotas esperando o inicio das atividades, começaram a entrar homens de todas as idades e a conversar com as garotas, ate que Sonia, a gerente, chegou com dois rapazes e disse para elas com a maior cara de safada,”divirtam-se meninas”, começaram a bater papo e poucos minutos depois estavam indo para o quarto, os quatro para o mesmo quarto, transaram, trocaram os casais, fizeram de tudo, eles adoraram prometeram voltar, pois acharam elas demais na cama.
Novamente no salão prontas para mais uma transa(programa rsrsrs), Sonia fala para minha mulher “estes dois senhores acharam você gostosissima, só que eles querem transar os dois juntos com você, topa?”

Minha mulher sem perder tempo foi para mais uma trepada, um dos homens chegou para minha esposa e falou ”que maravilha de Bunda quero comer ela bem gostoso”, fizeram de tudo com ela, chuparam ela toda, comeram sua xaninha seu cuzinho e no fim acabaram com uma dupla penetração, um na xana e outro no cuzinho, fazendo um delicioso sanduíche, ela adora isso.
 
Elas terminaram a noite com 6 programas cada uma, cansadas mas realizadas e como elas mesmas disseram “muito bem comidas e com uma boa grana”.
Minha mulher chegou em casa e eu fui conferir de perto, sua xana, que estava vermelha de tanta pica que levou, o cuzinho também, os seios com marcas das chupadas, fiquei louco de tesão chupei ela toda e meti gostoso naquela xana já toda alargada, tenho certeza que meu amigo fez a mesma coisa com a mulher dele, pois adoramos ver nossas gatas trepando gostoso.
Essa foi a primeira vez na boate, houve outras, mas isso eu conto depois