Pictures

Pictures

Picctures

15 de jul de 2015

No Ponto de Ônibus com o Namorado

Olá, meu nome é Victória (Obviamente, nome fictício). Esse é o meu primeiro conto e só estou escrevendo porque estou entediada rs, não sei se vou escrever mais. Vamos lá, eu sou morena, tenho quase 24 anos, tenho 1,56 de altura e cabelos escuros longos. Sou fofinha e bem extrovertida, mas ainda sou virgem. Sim, quase 24 e virgem, não me zoem tanto ok?! rs
Porém, desde bem nova explorava meu corpo e conheci o ponto que mais me dava prazer. Com o passar dos anos ainda me conhecendo tive alguns namoricos e o máximo mesmo que rolava foram algumas mãos aqui outras ali. O meu último namorado sério foi o mais safado.
Um dia estávamos voltando do shopping e ele ia me deixar no ônibus para voltar pra casa, já era um pouco tarde e esperando o ônibus os beijos foram ficando mais quentes e cada vez mais quentes até que ele me apertou e me puxou pro canto escuro da parede.

Não tinha ninguém por perto e ele começou a passar as mãos pelos meus peitos enquanto me dava alguns chupões no pescoço. Estava tão excitada que não pensei que estávamos na rua, esqueci completamente. Passei a mão no pau dele e estava duro feito pedra e eu só queria aquilo dentro de mim. Virei e comecei a roçar nele e ele começou a falar no meu ouvido:
– Ah, você é muito gostosa, deixa eu tirar seu cabaço vai?!
(Eu não sabia o que era cabaço até aquela hora kkk)
E não passava ninguém nem ônibus nenhum, nada.

Quando virei pra ele e comecei a desabotoar a calça dele alguém abriu
bruscamente o portão que ficava ao lado da parede que a gente estava se pegando. Era uma velha muito irritante, reclamona
que pediu que a gente saísse dali e procurasse um motel por o portão da casa dela não era local de safadeza hahahahahaah
Não sabia se ria ou se morria de vergonha na hora. Casualmente meu ônibus apareceu no fim da rua, me despedi rapidamente

dele com um beijo tímido e fiz sinal pro ônibus e fiquei pensando de onde aquela velha saiu e como sabia o que a gente estava fazendo.
De certa forma fiquei feliz por não ter feito nada com o Fellipe porque pouco tempo depois terminamos por uma bobeira e eu
descobri várias coisas sobre ele.
Espero perder a minha virgindade logo com alguém que realmente valha a pena Se isso acontecer logo volto aqui para contar para vocês

Nenhum comentário: